Boni campeão em Prudente

Em 2003, Boni aceitou o convite para disputar o Campeonato Senior de Presidente Prudente pelo time da TransHizza, dirigido pelo professor Kabello.

Foi facil reunir informações a respeito da carreira do zagueiro, construida por uma trajetória de sucesso nos gramados.

TransHizza: Ganso, Nilsinho José, Valdecir Conceição, Betão, Boni, Arielcio, Cidinho Lourenção, Peralta, Adelcio Caravina, Claudio Kuhn, Tuti, Geraldinho Gomes, Horacio Castro, +Zé Angelo, Meireles, Ney Silva, Zé Faustino, Zé Clóvis, Fedéga, Léo Lima, Luis Carlos Blaya, Luis Carlos Ratinho, Marcio Rodrigues, Marcos Tiririca e Mauro Moreti. Técnico Djalma Monteiro Kabelo, massagista +Valdomiro Firmo ''Catatau'', roupeiro Marquinhos ''Capeta''.

Édson Bonifácio, o Boni, ex-zagueiro do São Paulo, vive hoje em Rancharia (SP). Casado e pai de quatro filhos, Boni mata saudades dos tempos de jogador batendo papo com velhos companheiros durante as festas anuais para veteranos promovidas pelo São Paulo Futebol Clube.

Nascido em Rancharia (SP) no dia 8 de março de 1964, Boni era uma grande promessa do Tricolor nos anos 80. Seu nome esteve em diversas listas de seleções juniores, sendo inclusive o capitão do time que conquistou o Mundial da categoria em 1983.

Ele fez parte da equipe que tinha o goleiro Hugo (ex-Flamengo), o ponta-direita Mauricinho (ex-Comercial e Vasco da Gama), Paulinho Carioca (ex-Fluminense), Bebeto (ex-Flamengo), Marinho Rã (ex-Portuguesa), entre outros.

Boni não teve muitas oportunidades com a camisa são-paulina, clube que defendeu entre 1982 e 1984. Foram 33 partidas com a camisa tricolor (14 vitórias, nove empates e 10 derrotas) e nenhum gol marcado. Ser titular do São Paulo naquela época não era fácil. A zaga era formada por Oscar e Darío Pereyra.

Ele deixou o Tricolor e chegou a fazer boas partidas pelo Goiás, que tinha os volantes Carlos Alberto Santos e Uidemar e o meia Carlos Magno. Carlos Alberto Santos e Carlos Magno jogaram depois no Botafogo. Uidemar foi um bom volante que jogou no Flamengo.

(Fontes: Almanaque do São Paulo - Alexandre da Costa - Rogério Micheletti) web/OA

O primeiro título brasileiro no Mundial sub-20 - antigamente chamado de Mundial de Juniores - veio em 1983, na quarta edição, disputada no México.

Em um estádio Azteca abarrotado por mais de cem mil torcedores, o Brasil bateu a arquirrival Argentina por 1 a 0, com gol de Geovani, que foi o artilheiro e o melhor jogador da competição. Além do meia do Vasco, aquela equipe tinha ainda outros nomes que brilharam na seleção principal, como o hoje técnicos Dunga, e Jorginho.

O time-base escalado por Jair Pereira era formado por Hugo, Heitor, Guto, Boni e

Jorginho; Dunga, Geovani e Gilmar; Mauricinho, Marinho Rã (Bebeto) e Paulinho.

(Fontes: Oglobo - Renato de Alexandrino) web/OA

CONFIRA VIDEOS

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga