História

Direto da Fonte

Uma pagina contada

 

A primeira emissora de rádio
No ano de 1938, dois amigos, Manoel Bussacos, e o gerente do Banco Sul América do Brasil, Raul Ignácio Pires, sentiam que a cidade já tinha porte suficiente para ter sua própria emissora de rádio.

Resolveram formar uma sociedade, em que Bussacos entraria com a maior parte dos recursos, e Pires levantaria o restante no banco em que trabalhava.

Nascia a Rádio PRI-5, "A Voz do Sertão", a mais antiga da cidade.

Logo no início, o horário de funcionamento era de 8h às 14 h e das 16 h às 20 h.

A emissora teve participação ativa em todos os movimentos da cidade, sendo a responsável pela formação de grandes profissionais tanto de nossa cidade como da região.

Nomes de peso passaram por seus microfones, podendo citar Carlos Alberto de Arruda Campos, Albino Tófano, Alceu Árias, Flávio Araújo, Joaquim Nascimento, José Fresneda (José de Alencar), Ivan Benedito da Silva, Dininho, Nenê Rodrigues, Geraldo Soller, Alberto Luziardi e a dupla Nhô Nico e Celestino, considerada a maior dupla sertaneja da região.

Seu elenco era constituído por profissionais tarimbados que tinham contato permanente com as maiores autoridades políticas do Brasil e artistas que formavam o `cast´ da famosa Rádio Nacional do Rio de Janeiro, entre eles Emilinha Borba, Dalva de Oliveira, Carlos Gaglhardo, Orlando Silva, Nelson Gonçalves, a prudentina Liana Duval, a dupla Ouro e Prata, Herivelton Martins e muito mais expressões de vulto.Nenê Rodrigues, sem dúvida alguma, foi a maior expressão da Rádio Difusora de Presidente Prudente de todos os tempos. 


No auge de sua carreira deixou a radiofonia prudentina ao adquirir a Rádio Clube de Martinópolis, que dirigiu até a sua morte em 1999. 

O fundador da Rádio Difusora Manoel Bussacos, morreu em setembro de 1940, num acidente de avião em Presidente Prudente. Foi substituído pelo filho Arnaldo Bussacos. 


Na cidade existem hoje, as seguintes emissoras: Rádio 98 FM, Rádio 101 FM, Rádio Comercial de Presidente Prudente AM, Rádio Diário, Rádio Difusora, Rádio Educativa (91 FM), Rádio Paulista e Rádio Presidente Prudente AM.


Rádio Presidente Prudente

Foi fundada em 1954, por Hélio Cyrino e os irmãos Platzeck teve com seu primeiro diretor-gerente, o radialista e jornalista Rubens Shirassu.

 

A emissora montada por Hélio Cyrino e Rubens, foi inaugurada no dia 17 de dezembro de 1964, instalada a rua Tenente Nicolau Maffei, 415, 1º andar. 
Posteriormente, mudou-se em 1957 para a mesma rua, no nº 357, onde funcionou até maio de 2003.

 

A emissora foi vendida em 1965 para um grupo político, formado por José Lemes Soares, Odilo Antunes de Siqueira, Rodrigo Arteiro Penhabel, Piro Miranda e Florivaldo Leal, que transferiram-na ao radialista Carlos Alberto de Arruda Campos.

Com a sua morte, sua esposa, filhas e genros passaram a comandar a emissora. Trabalharam na rádio os seguintes radialistas: Nilton Alves, Tito Junior, Hélio Athia, Rubens Shirassu, Fernando Brizolla de Oliveira, Joaquim Nascimento, Constantino Nascimento, Divarcí Nascimento, Maestro Zito, Altino Correia, Nilton Mescoloti, Sérgio Antônio, Mamãe Dolores, Tadashi Kuriki, Amador Alvim, Ediberto Mendonça, Galileu Silva, Takashima, Nho Miguel, Neuza Matos, Neif Taiar, José Barbato, Geraldo Gomes, Reginaldo Nunes, Ananias Pinheiro, Jorgete Santos, Mário Luiz, Joilton Carlos, Sérgio Paulo do Carmo Alves, Wolfgang Bendrath Júnior, Ivete Nascimento, Joseval Peixoto, Rafael de Lala, Jurandir Gomes, Takashima, Ediberto Mendonça, Regina Célia, Lucas Macedo, Ed Thomas, Hélio Carreiro, Hélio Cassemiro e Airton Roberto. 

Participando de uma concorrência promovida pelo Dentel, a Rádio Presidente Prudente AM foi aquinhoada com um canal de emissora FM, hoje conhecia como 101 FM, funcionando no mesmo local onde está a emissora mais antiga do grupo. 


Rádio Piratininga

Foi inaugurada em Presidente Prudente em maio de 1962, sendo componente da maior rede e rádio do interior brasileiro, de propriedade do médico e político Miguel Leuzi Filho. 
O seu primeiro gerente foi o radialista de Indiana (SP) Jorge Antônio Salomão, que posteriormente mudou-se para Dourados (MS), onde se elegeu prefeito. Depois de Salomão, a emissora passou a ser dirigida por Jaime Carrijo Cunha que dinamizou os setores de jornalismo e esportivo. 
Miguel Leuzi passou a sua concessão para o Grupo religioso que depois a vendeu para um empresário paranaense, mudando a sua denominação para Rádio Cidade. 

Foram seus principais radialistas: Camel Farah, José Italiano, Jaime Cunha, Lázaro Dias, Himmer Lombardi, Hugo José de Oliveira, Cícero Afonso, Homero Ferreira, Neif Taiar, Reginaldo Nunes, Luiz Semensati, Ed Thomas, José Sanches, Sérgio Jorge Alves, Ditinho, Francisco de Assis, Chico Rodrigues, Jorge Salomão, Jurandir Gomes, Aedo Camilo, Antônio Marco Silvestre, Rosildo Portella, Wilson Andreazzi, Genézio Barrizon, Nelson Nagai, Sérgio Antônio, Tadashi Kuriki, Hélio Cassemiro e Airton Roberto. 


Rádio Comercial

Foi fundada em 1959 pelos irmãos Arnaldo Agostinho Bussacos e Rubens Bussacos, filhos do fundador da primeira emissora prudentina Manoel Bussacos - a PRI-5. A Rádio Comercial AM iniciou suas atividades no próprio transmissor e torre instalados na avenida da Saudade, esquina com a 14 de Setembro.

 

Daí mudou-se para a rua Barão do Rio Branco entre a avenida Brasil e a rua Dr. José Foz. Os irmãos Bussacos transferiram sua concessão ao prudentino José Rotta, na época presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo. Rotta, por sua vez, passou a sua direção para seu sobrinho Ernesto Coquemala, que vendeu parte da emissora ao radialista Nilton Mescoloti. 


Foram seus principais radialistas: Joaquim Nascimento, Osvaldo Torino, Álvaro Portel, José de Melo Brito, Germano Dansinger, Neif Taiar, Dininho, Nilton Mescoloti, José Cidalino Cararra, Irany de Souza, Geraldo Soller, Camel Farah, Ananias Pinheiro, Aristóteles Totinha Pinheiro, Reginaldo Nunes, Ely Frank, Carlos Tófano, Turito Colnago e José Cidalino Carrara, Hiner Lombardi, Irineu dos Santos, Waltair Greghi, Bendrath Junior, Sinésio de Souza, Nhô Nico e Celestino, Sérgio Jorge, Homero Ferreira, Luiz Semensati, Douglas Perez e Sinomar Calmona. 


Em 1979, a Rádio Comercial AM foi a vitoriosa numa concorrência que destinava um canal de emissora FM para Presidente Prudente.A partir de 1983, após quatro anos de instalada foi quando Ernesto Coquemala Sobrinho e Nilton Mescoloti, resolveram abrir a sociedade, ficando Mescoloti com a AM e Coquemala com a FM. A 98 FM é uma emissora que transmite programas direcionados ao público jovem.

 

A partir de 15-01-96 a Rádio Comercial AM passou a integrar a Rede Bandeirantes de Rádio transmitindo programas via satélite com som digital. 


Rádio Diário

Foi fundada em década de 80, pelo professor Agripino de Oliveira Filho, sendo instalada no prédio que fica na esquina da rua José Bongiovani, na parte superior onde funciona atualmente a agência do Banco Real. Seu primeiro gerente foi o radialista José Siquieres, que montou uma grande equipe, começando por seu tio Flávio Araújo, que havia voltado de São Paulo depois de fazer sucesso na Rádio Bandeirantes. Flávio Araújo trouxe sua esposa Ivete Pinheiro, que tinha sido grande sucesso na radiofonia prudentina na década de 1950. Foram seus principais radialistas: Flávio Araújo, José Siquieri, Hélio Cassemiro, Ivete Pinheiro, Airton Roberto, Neif Taiar, Cícero Afonso, Néo de Oliveira, Oliberto Facholli, Luiz Semensati, Renato Semensati, José Ricardo Trujillo, Gesner Dias, Reginaldo Nunes, Ed Thomas, Leda Marcia Litholdo entre outros. 

Rádio Paulista

Cuja origem e sede em Regente Feijó, mantêm seu estúdio em Presidente Prudente, a partir do momento em que aumentou a potência de seus transmissores. Por este prefixo passaram grandes radialistas. 


A Rádio Paulista é a antiga Piratininga de Regente Feijó, que já pertenceu ao deputado Miguel Leuzi, ao ex-governador Laudo Natel, a César Cava e ao empresário Valdecir Silva, hoje é de propriedade do ex-deputado Hélio Silva. Está localizada a rua Siqueira Campos, onde por muito tempo funcionou a Rádio Comercial AM. 

Rádio 91 FM 

Fundada em 1990, a rádio 91 Fm de Presidente Prudente entrou no ar na freqüência 106,7 - a 250 watts de potência. Com programação essencialmente educativa, as músicas transmitidas iam de MPB a new wif. 

 

Os primeiros diretores da rádio foram Zé Ricardo Trujilo e Dalton Luiz Gonçalves. A partir de 1997, a direção da emissora - agora com Eudes Figueiredo, inicia um processo de modernização em sua estrutura. Para isso, são adquiridos novos equipamentos que a coloca na posição de primeira emissora de rádio brasileira a comprar transmissores digitais. Neste período, começa a trabalhar em 3.000 watts de potência. 


A parte de programação também acompanha a onda de inovação e melhoramentos. Foi quando a 91 FM amplia o estilo de música, não só MPB mas passa a atingir todos os segmentos da sociedade, transmitindo rock, pagode, samba, gospel entre outros estilos musicais. Mesmo com esta inovação, o norte da emissora não deixou de ser educação e a instrução de seus ouvintes. Para isso, são transmitidos informativos de um minuto que vão desde curiosidades, a dicas de saúde e ensino. 


Além disso, semanalmente há a colaboração direta dos alunos da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), no programa 'Universidade no Ar'. Este programa de entrevistas é transmitido aos sábados, por alunos do curso de Comunicação Social sob a coordenação do professor de Radiojornalismo, Homéro Ferreira. 


Nesta nova fase, a emissora contratou uma gama de excelentes profissionais do rádio que animam a programação durante o dia, como Airton Luiz, Guilherme César, Airton Freitas, Rodrigo Souza e Maruko Nazaré. Entre os eventos promovidos pela rádio 91 FM está a primeira festa da rádio, para comemorar 10 anos de fundação. O evento foi realizado na arena coberta do Rancho Quarto de Milha de Presidente Prudente, reunindo mais de 35 mil

pessoas.

Até aqui a história foi contada pela Emubra, através do competente jornalista, radialista, escritor e historiador Neif Tair, ao qual rendemos as nossas  homenagens. OSMARDEAMIGOS.COM agradece pela enorme contribuição com a história de Presidente Prudente.

(Fotos de Neif Taiar em Arquivos de dispositivos movéis).

  • Osmar de Amigos
  • Twitter page
  • Osmar de Amigos

Rádios: Sudeste - Sul - Nordeste - Centro Oeste - Norte - Presidente Prudente

Visto em:

© 2017 por Osmar de Amigos, "todos os direitos reservados"      |     Orgulhosamente criado por web: cAc

Conforme a Lei 9.610/98, é proibida a reprodução total e parcial ou divulgação comercial sem a autorização prévia e expressa do autor (artigo 29).