July 15, 2018

Please reload

Posts Recentes

Divisão Intermediária de 1978

April 27, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Imperdível...Time do Tanabe do goleiro Jair que jogou no Santos de Pelé

February 22, 2018

CLIQUE NA IMAGEM | e confira mais informações. O seu acesso ao nosso site é a nossa melhor curtida. OSMARDEAMIGOS.COM agradece pela credibilidade.

Em pé: Jair, Cidão, Jorjão, Formigão, Nilsão, Canecão, Gilmar e Gira

Agachados: Palmeirinha, Mordega, Sató, Cidinho, Cirço Preto e Pereirinha

 

Década de 1980 e os times de futebol amador de Presidente Prudente-SP.

 

Em pé: O goleiro é Jair irmão do Jaimão, filhos da Dona Lazinha benzedeira do Jardim Paulista. Jair jogou no Santos Futebol Clube. O último em pé é o Gira que atuou em grandes times da varzea, depois, passou a atuar como juiz, hoje, chamado de arbitro de futebol. Gira é casado com a Imaculada que foi interprete da Escola de Samba Unidos do Jardim Paulista. 

Agachados: o segundo é o conhecido Mordéga.

 

AJUDE A CONTAR ESSA HISTÓRIA CLICANDO ABAIXO:

 

https://www.osmardeamigos.com/contato

Ajudando a contar um pouco a história do futebol local e regional. Sempre citando e valorizando as fontes pesquisadas.

 

Portal do jornalista Milton Neves

 

 

Jair Estevão

Ex-goleiro da Prudentina e Santos

 

Jair Estevão morreu no dia 12 de agosto de 2015 na cidade de Mongaguá, litoral de São Paulo, onde residia desde 2007.

Jair tinha três filhos e quatro netos, O ex-goleiro da Prudentina (entre 62 e 68) e do Santos (em 69 e 70), morava no Jardim Miriam, em São Paulo, e estava aposentado como Policial Rodoviário e como cabo da Polícia Militar.

Jair Estevão, responsável pela revelação do saudoso lateral-direito Lidu, ex-Corinthians, foi goleiro do Santos no jogo do 999º gol de Pelé, em 1969, contra o Botafogo (PB), em João Pessoa. "Só que assim que o Pelé fez o gol de número 999, eu fui obrigado a me "contundir" e o Pelé foi para o gol no meu lugar porque, premeditamente, eu entrei em campo sem goleiro reserva. O esquema foi bolado pelo Júlio Mazzei, porque ninguém do Santos queria que o milésimo gol de Pelé saisse na Paraíba e sim no Maracanã", recorda Jair, o Jairzão de Presidente Prudente.

 

No dia 19 de agosto de 2015, Sergio Roberto Cesário enviou o seguinte e-mail à redação do Terceiro Tempo:

Olá, Milton Neves! De início, os meus cumprimentos! Não tenho certeza,se o senhor noticiou ao falecimento do ex arqueiro collored, Jair Esteves da Silva, ex guardião da Prudentina, São Paulo F.C. e, Santos F.C. do Rei Pelé, respectivamente..! O desenlace deu-se no dia 13.08.15, sepultamento, na cidade litorânea de Mongaguá, no dia 14 do corrente! O Jair, iniciou-se em Presidente Prudente, na saudosa equipe da Prudentina, donde, sempre dedicou-se desde à tenra idade! Era um leão Milton, nos treinamentos.Muitas das vezes, treinava horas, e, horas, à sós, após, aos coletivos(treinamentos)! Recordo-me perfeitamente, pois, era um arquibaldo, e, ou, geraldino, contumaz, no clube, não só em jogos oficiais, como também nos individuais, e, coletivos da equipe...! Mas, à Prudentina sempre fora..uma equipe com grandes goleiros: Ubaldo, Glauco José do Livramento, Rosã, Celsinho, Picasso, Waldyr Bin, Joelcio, enfim uma plêiade de craques...! O Jair, chegou a jogar no profissional, mesmo jovem...! Mas, num determinado momento de sua bela carreira profissinal, fora emprestado ao S.Paulo F.C., formando naquele esquadrão! Poy, Suly, Jair, Renato, Beline, Tenente, Dias, e, Jurandyr, Faustino, Prado, Del Vecchi, Benê, e, Sabino. Esta equipe, fez uma excursão ao Mato Grosso, com o Jair de titular absoluto...nos idos de 1.964, 65..! Devolvido à Prudentina, fora, emprestado ao Santos F.C., do Rei Pelé!. Há uma passagem interessante, pelo Santos F.C. Milton! O Rei estava quase marcando aos 1.000 gols, e, de repente, fora fazer uma excursão em gramados nordestinos, e, de repente, contra o EC.Bahia, o Rei para não antecipar aos 1.000 gols, pois, estava programada à festa no estádio estadual do Maracanã, contra o CR. do Vasco da Gama,e, assim, fora feito! Mas, contra o EC.Bahia, um zagueiro do clube, tirou à bola na risca do gol, evitando aos milésimo gol do Rei Pelé. Mas,este não fora a principal atração...e, sim, à ida do Rei Pelé, ao gol do Santos F.C, para que o mesmo, não assinalasse ao milésimo gol, e, neste contexto, fora sacado do gol praiano,o goalkipper JAIR ESTEVES, o collored arqueiro...! São histórias, e, estórias, do futebol brasileiro, de então, hoje, apenas, uma caricatura, disto tudo..! À viúva... Milton, chama-se:Amália Cavalari da Silva. Os irmãos dos Jair, residem todos em Presidente Prudente...! Abraço Fraternal, Milton Neves, do seu sempre fã o...Sérgio Roberto Cesário! src.

 

Santos perde dois ex-goleiros no mesmo dia

Cejas e Jair Estevão faleceram nesta sexta-feira (14)

 

DE A TRIBUNA ON-LINE @atribunasantos           14/08/2015 - 13:08 - Atualizado em 14/08/2015 - 15:42


 

O Santos perdeu dois ex-goleiros nesta sexta-feira (14). Aos 70 anos, o ex-goleiro argentino, Augustín Mario Cejas, faleceu por complicações do Mal de Alzheimer. Quando jogador, Cejas além de defender a Seleção de seu País, também vestiu as camisas de Racing, Huracán, River Plate, Grêmio e Santos.

 

Na Vila Belmiro,  o arqueiro atuou entre 1970 e 1974 ao lado de Pelé e outros tantos craques da época. No Racing, clube que o revelou para o futebol, Cejas ajudou a equipe a conquistar primeira e única taça da Libertadores e a Copa Intercontinental, em 1967.

 

Outro arqueiro falecido nesta data foi Jair Estevão, goleiro do Peixe em 1969.Ele jogou oito partidas com a camisa alvinegra, e uma delas, inesquecível.

 

Contra o Botafogo da Paraíba, em vitória por 3x0 no dia 14 de novembro de 1969, Pelé havia feito o gol de número 999 na carreira. E quando o juiz assinalou pênalti para o Santos, Jair, orientado pelo técnico Antoninho, simulou uma contusão, e Pelé assumiu a meta santista, não cobrando o pênalti que poderia resultar no milésimo gol. O esperado tento foi sair contra o Vasco, no Maracanã, duas partidas depois.

 

O Alvinegro Praiano entrou em campo com Jair Esteves (Pelé); Carlos Alberto, Ramos Delgado (Marçal), Djalma Dias e Rildo (Turcão); Clodoaldo (Joel Camargo) e Lima (Jair Bala); Manoel Maria, Edu, Pelé (Luís Carlos Feijão) e Abel (Nenê). Técnico: Antoninho.

 

No site oficial, o Santos lamentou a morte dos ex-atletas e decretou luto oficial de três dias.

Jaimão irmão do Jair.

“Estamos fazendo a nossa parte“.

 

*(ATUALIZAÇÃO A QUALQUER MOMENTO).

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga